.MoonLight - A luz da Lua*
A Luz que permanece na noite escura ou no mais claro dia... A Lua tal como o Sol, está sempre presente em mim.
.mais sobre mim
.emails*
moonlight@sapo.pt atmoonlight@msn.com
.Luzes*

. 2007

. Transformar pelas mãos do...

. Mar...

. Palavras!

. Once upon a time...

. Touch...

. Delirium!...

.Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.A música que pulsa dentro de mim*
.Um pouco de Luz para o Mundo...*








.Leva a minha Luz*


.O meu award para ti*


.Prendas de Amigos*






Prémio
.A Luz brilha aqui...*
Blog Poeta
Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2006
Rústico
Nobre, sensível, belo, meigo... Dono de um olhar profundo de quem me quer conhecer e de quem se quer dar a conhecer.
Cada vez que chego, o nervosismo toma conta de mim e levo algum tempo a serenar... Mas aos poucos, vai-me começando a conhecer e a perceber os meus sinais. E eu os dele!
É assim o Rústico. Um cavalo lusitano cinzento, que me encantou e me conquistou quando o montei a primeira vez, no dia dos meus anos. E foi ele que me levou a querer levar este sonho por diante.
E hoje, depois de alguma aprendizagem, pude voltar a montá-lo, já sozinha, no picadeiro, primeiro em tons de um pôr do sol fantástico, depois sob o céu azul estrelado. E de novo, o sorriso se estampou no meu rosto...
O que sinto, quando estou com os cavalos é indescritível. A energia, a capacidade deles nos perceberem, de nos sentirem...
Depois... seguiu-me até à cavalariça. Agradeci-lhe, como faço sempre que monto. E deixei-me ficar junto dele. A magia que sinto é sempre tão grande, que nem me apercebo de que ainda estou a tremer de tão nervosa que estou.
Dei-lhe uma cenoura, levei-o a beber água e despedi-me.
Sei que me compreende... Sei que o compreendo... Entre nós a linguagem é comum! (embora eu não relinche! :) )
Estou feliz de novo!
Mais um grande dia!
Uma Luz de MoonLight às 00:00
link do post | Deixa a tua Luz* | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 19:36
é tão bom estarmos felizes e esse sentimento reflecte-se na escrita;

parabéns por essa felicidade!!!paulo
(http://osentretantos.blogs.sapo.pt)
(mailto:pdmiranda@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 19:36
Eiiii tb kero um pouco dessa sorte! Nunca montei, gostava de um dia poder sentir essa liberdade, de cavalgar por montes e vales, livre de tudo, rumo ao desconhecido! Adorei o texto linda amiga...Bom fim de semana!Obrigado!Gaybriel
(http://www.silenciosentido.blogs.sapo.pt)
(mailto:amor_amizade_1980@hotmail.com)
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 18:19
Ai o Rustico, a Zara é igual... Não imaginas o quanto ela me entende...Ando com saudades de Montar BeijinhosBruno
(http://osmeusengates.blogs.sapo.pt)
(mailto:brunoteixeiralopes@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 15:58
Oi...
esta muito giro o texto... ;) Fica bemM.Viti
(http://noangel.blogs.sapo.pt/)
(mailto:mviti@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 09:51
Essa felicidade que sentes está refectida na tua escrita.É bom sentir essa empatia, esse bem estar interior.Um beijinhoMaria João
(http://omeuolhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:arcoiris.2005@hotmail.com)

Comentar post

.Visitantes na Lua*

visitas

.Luzes sentidas*

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

.as minhas fotos
.links