.MoonLight - A luz da Lua*
A Luz que permanece na noite escura ou no mais claro dia... A Lua tal como o Sol, está sempre presente em mim.
.mais sobre mim
.emails*
moonlight@sapo.pt atmoonlight@msn.com
.Luzes*

. 2007

. Transformar pelas mãos do...

. Mar...

. Palavras!

. Once upon a time...

. Touch...

. Delirium!...

.Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.A música que pulsa dentro de mim*
.Um pouco de Luz para o Mundo...*








.Leva a minha Luz*


.O meu award para ti*


.Prendas de Amigos*






Prémio
.A Luz brilha aqui...*
Blog Poeta
Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005
Desistir da vida
De olhar vazio chegaste. Sem vontade, sem força, arrastaste-te durante o primeiro dia. Olhar vidrado! Sem alma! Tentei entrar na tua vida… mas refugiaste-te nos recantos da tua alma, quase sem força de viver… Hoje, terceiro dia, faltaste… não sentiste força para dar uma nova oportunidade a ti mesmo. Chamei-te. Quis falar contigo. Quis saber até que ponto podia ou não fazer-te balançar na vida. Não sei se vou ser capaz. Não sei se vou conseguir fincar-te à vida e trazer-te de novo a alegria ao olhar. Não encontras razão para viver. Nem força. Nem vontade. Nem coragem. Porque algo te tira todo o prazer de viver. Queres DESISTIR DA VIDA! Encontras razões para viver no que te maltrata os sentidos. Nos poucos momentos de prazer que te dá e que te deixa libertar dessa pressão em que vives. Não é por nada e é por tudo. Sentes-te vazio. Compreendo-te bem! Mas não aceito que queiras deitar a tua vida no caixote do lixo, sem te dares uma oportunidade de experimentar algo que faça a diferença. Não confias em ti. Não confias em ninguém. E no meio da conversa de hoje vi os teus olhos cheios de lágrimas. Mas não caiu nenhuma… Também não era o local… Mostrou-me também que ainda não te perdeste como dizes, e que mesmo assim, ainda consegues sentir. Pediste-me espaço. Precisas de espaço. Mas também precisas de conseguir abrir esse coração, tão cheio de tudo e tão vazio, ao mesmo tempo. Disse-te que estaria ao teu lado, se o desejasses, para te ajudar na oportunidade que queres dar a ti próprio. Espero conseguir fazer-te vacilar na tua vida sem vida, e agarrar-te… trazer-te de novo a réstia de esperança que incendeia a alma e nos dá vontade de lutar. Tens tanto para mostrar a ti mesmo.
Uma Luz de MoonLight às 23:11
link do post | Deixa a tua Luz* | favorito
|
.Visitantes na Lua*

visitas

.Luzes sentidas*

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

.as minhas fotos
.links