.MoonLight - A luz da Lua*
A Luz que permanece na noite escura ou no mais claro dia... A Lua tal como o Sol, está sempre presente em mim.
.mais sobre mim
.emails*
moonlight@sapo.pt atmoonlight@msn.com
.Luzes*

. 2007

. Transformar pelas mãos do...

. Mar...

. Palavras!

. Once upon a time...

. Touch...

. Delirium!...

.Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.A música que pulsa dentro de mim*
.Um pouco de Luz para o Mundo...*








.Leva a minha Luz*


.O meu award para ti*


.Prendas de Amigos*






Prémio
.A Luz brilha aqui...*
Blog Poeta
Domingo, 15 de Janeiro de 2006
Eu e os livros (2)
Há uns meses atrás, entrei para fazer umas compritas, num hipermercado que logo à entrada tem a estante dos livros mais recentes, as últimas edições e, ainda, aqueles que deveriam ter sido vendidos, mas que ainda lá estão. E aconteceu... Olhei de relance, e parei junto a um que me chamou de imediato a atenção. Pela foto da capa, pelo facto do título estar em relevo (o que me levou de imediato a tocar e a percorrer a capa com a mão para sentir este livro), pelo título em si, o autor... Enfim! Senti novamente o bichinho mágico a chamar-me. Abri numa qualquer página, como é habitual e pronto. Deixo aqui algumas das frases que mais me marcaram de "Chega-te a mim e deixa-te estar" de Eduardo Sá.

"O lixo dos sentimentos é uma espécie de película peganhenta de indiferença que entra pela «porta dos fundos» da nossa vida e nos guarda, para viver, um quartinho nas traseiras do nosso coração."
"O amor não é bem um encontro de verdades. É melhor! É confiarmo-nos a alguém e entregar, pelas mãos dos olhos dele, o nosso olhar ao desconhecido, guiados pela esperança de vir até nós «um infinito de nós dois»."
"Eu sei que a beleza e o silêncio parecem mundos perdidos. Não sei se será porque o coração de muitas pessoas vagueie entre uma sala de trféus e um museu com figuras de cera (e temam que, ao pararem, se desvaneçam as brumas e fique mais nítido tudo o que lhes falta). Muitas fogem do silêncio como se ele não as levasse ao encontro de si."

"Os alquimistas desconcertam mais. Abrem persianas na nossa alma, dão-lhe sol e transformam-nos para sempre ... Como se não bastasse, os alquimistas percebem que aquilo que distingue as «boas prendas» «dos presentes» são os laços. E nunca nos perguntam se estamos tristes ou aflitos. Antes nos dizem: «Chega-te a mim... e deixa-te estar.»"
Uma Luz de MoonLight às 16:42
link do post | Deixa a tua Luz* | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 15 de Janeiro de 2006 às 17:22
Tens um feeling muito grande para os livros.... as emoções dos livros chamam por ti.... é lindo... ;-)Diabinho
(http://diabinho.blogs.sapo.pt)
(mailto:shadow5@clix.pt)

Comentar post

.Visitantes na Lua*

visitas

.Luzes sentidas*

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

.as minhas fotos
.links